PUBLICAÇÃO EM PDF

Câncer no Brasil (INCA)

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) do Ministério da Saúde/MS, através de sua Coordenação de Prevenção e Vigilância (Conprev), é a instituição responsável pelo desenvolvimento das ações nacionais orientadas à prevenção e ao controle do câncer. Entre o conjunto de suas atribuições estão as atividades relacionadas à vigilância do câncer, onde a coleta de dados de ocorrência de casos incidentes de câncer provenientes de centros especializados – os Registros de Câncer de Base Populacional (RCBP), ocupa um papel fundamental.

 

cancer no brasil.JPG

Estes centros, ao longo dos últimos 30 anos, se desenvolveram buscando adaptar-se à realidade de cada região brasileira a partir de normas técnicas mundiais, e atualmente encontram-se em pleno desenvolvimento na maioria dos estados da união, com o apoio continuado do Ministério da Saúde, através do INCA.

CANCER-NO-BRASIL-INCA-2003.pdf
(2,40 Mb)

A Vigilância Epidemiológica é uma ação especializada de grande relevância para a sociedade, pois, além de permitir o monitoramento e a análise de possíveis mudanças no perfil das enfermidades, cumpre-lhe também contribuir para a educação e o planejamento de ações na área de saúde. A fim de melhor captar e difundir informações sobre mortalidade, morbidade e prevalência de fatores de risco, a Vigilância necessita estabelecer parcerias e diálogo com gestores, pesquisadores, profissionais e usuários do sistema de saúde. Reforçando desta forma as características agregadoras de suas ações. Publicações como esta enfatizam a importância das informações de saúde na área do câncer e dos comportamentos de risco, principalmente perante o complexo desafio de mensurar e analisar fenômenos e processos de saúde/doença.

Conteúdo relacionado

As diferentes facetas do retrato da violência no campo em Mato Grosso
Modelo de regularização fundiária não inclui pequeno produtor, diz fórum
NOTA PÚBLICA DA APIB
V Mostra socioambiental do Araguaia "Nós somos terra"
Indígenas da Bacia do Teles Pires se mobilizam, em Brasília, por seus direitos frente a empreendimentos hidrelétricos
Formad recomenda modelos de regularização ambiental adaptados à realidade da agricultura familiar e de povos e comunidades tradicionais.
Dois casos sérios de agrocombustiveis
MULHER: SEMENTE DE VIDA E RESISTÊNCIA
Organizações lançam propostas socioambientais para a agenda política de Mato Grosso Nove entidades do Formad passam a compor o Conselho de Meio Ambiente de MT
Organizações lançam estudos sobre as atuais ameaças ao bioma Pantanal
Dia 3 de dezembro: Mato Grosso vai às ruas exigir o fim do uso de agrotóxicos!
Usina Teles Pires: Justiça ordena parar e governo federal libera operação, com base em suspensão de segurança
Organizações lançam nota em apoio à operação "Terra Prometida" em Mato Grosso
03 de dezembro: Ato contra o uso de agrotóxicos em Cuiabá
Dossiê Abrasco: o grito contra o silêncio opressivo do agronegócio.
Encíclica papal aborda desigualdades na agricultura
Dossiê sobre agrotóxicos será lançado em Cuiabá e Rondonópolis
Pantanal por inteiro, não pela metade
ICMS Ecológico: O potencial de um imposto