Organizações lançam nota em apoio à operação "Terra Prometida" em Mato Grosso

Fonte: Fórum de Direitos Humanos e da Terra
Nota de apoio à operação "Terra Prometida" e repúdio aos que querem impedir a apuração da grilagem de terra no estado de Mato Grosso

dht_jpje_circulo.jpgO Fórum de Direitos Humanos e da Terra de Mato Grosso – FDHT/MT e as organizações abaixo assinadas, vêm por meio desta apoiar a operação TERRA PROMETIDA realizada pela Polícia Federal erepudiar ações que impeçam a apuração da grilagem de terras públicas em Mato Grosso.

Fatos como o ocorrido no dia 1/12/2014 em Lucas do Rio Verde, quando políticos (prefeitos, deputados estaduais e o futuro vice-governador) e lideranças sociais, realizaram manifestação na câmara municipal no intuito de inibir a apuração da grilagem de terra em nosso Estado em nada contribuem para o benefício da população e só depõem contra elas.

Ainda, cobramos dos órgãos públicos como INCRA e INTERMAT que apurem com rigor o envolvimento de funcionários públicos na prática destes crimes que impedem que a terra chegue aos que dela precisam para produzir alimentos saudáveis para a população.

Há décadas que a violência no campo contra os trabalhadores e trabalhadoras rurais, indígenas, quilombolas, retireiros e os/as que defendem suas causas vem aumentando, ao mesmo tempo em que a impunidade impera na maioria gritante dos crimes. Neste sentido, expressamos a nossa total solidariedade e apoio aos povos da terra e à todos lutadores e lutadoras da reforma agrária e justiça social no campo.

Se não mudarmos as práticas, de forma convicta, não mudaremos o mundo, transformando-o em lugar de respeito aos Direitos Humanos e bem viver entre todos e todas.

Abaixo assinado por:

Fórum de Direitos Humanos e da Terra Mato Grosso – FDHT/MT

Associação Brasileira de Saúde Popular -ABRASP/BIO SAÚDE

Associação Dando as Mãos

Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB

Associação Brasileira de Homeopatia Popular – ABHP

Associação dos Retireiros do Araguaia

Associação Matogrossense Divina Providência – AMDP

Centro Burnier Fé e Justiça – CBFJ

Centro de Direitos Humanos Dom Máximo Bienes CDHDMB

Centro de Direitos Humanos Henrique Trindade – CDHHT

Centro de Pastoral para Migrantes CPM

Comissão Pastoral da Terra – CPT/MT

Comitê Popular do Rio Paraguai

Comunidades Eclesiais de Base – Cebs- MT

Conselho Indigenista Missionário – CIMI/MT

Conselho Nacional do Laicato do Brasil – CNLB/MT

ECOPANTANAL- Instituto de Ecologia e de povos tradicionais do Pantanal

Escritório de Direitos Humanos da Prelazia de São Félix do Araguaia

Fórum Matogrossense de Meio ambiente e Desenvolvimento – FORMAD

Federação de Assistência Social e Educacional -FASE

Grupo de Estudo Educação Merleau-Ponty – GEMPO UFMT/IE

Grupo de Pesquisa Movimentos Sociais e Educação – GPMSE UFMT/IE

Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte – GPEA/UFMT

Grupo Raízes

Instituto Caracol -IC

Instituto Gaia

Instituto Floresta

Instituto Humana Raça Fêmina – INHURAFE

Movimento 13 de Outubro

Movimento Articulado de Mulheres da Amazônia – MAMA

Movimentos dos Trabalhadores Acampados e Assentados – MTA

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST/MT

Movimento Nacional de Direitos Humanos – MNDH

Rede de Educação Cidadã Matogrosso

Rede Mato-Grossense de Educação Ambiental- REMTEA

Sociedade Fé e Vida

 

Conteúdo relacionado

Ações do estado de MT contra territórios tradicionais são derrubadas no STF. Quilombolas e indígenas manifestam-se em Brasília e em Cuiabá.
A parte que nos cabe neste latifúndio
ActionAid e FASE lançam estudo sobre avanço da rota de exportação para a China no Tapajós
MAIS UMA CHACINA ANUNCIADA EM MATO GROSSO
As diferentes facetas do retrato da violência no campo em Mato Grosso
Modelo de regularização fundiária não inclui pequeno produtor, diz fórum
V Mostra socioambiental do Araguaia "Nós somos terra"
Indígenas da Bacia do Teles Pires se mobilizam, em Brasília, por seus direitos frente a empreendimentos hidrelétricos
Formad recomenda modelos de regularização ambiental adaptados à realidade da agricultura familiar e de povos e comunidades tradicionais.
Dois casos sérios de agrocombustiveis
MULHER: SEMENTE DE VIDA E RESISTÊNCIA
Organizações lançam propostas socioambientais para a agenda política de Mato Grosso
Organizações lançam estudos sobre as atuais ameaças ao bioma Pantanal
Dia 3 de dezembro: Mato Grosso vai às ruas exigir o fim do uso de agrotóxicos!
Usina Teles Pires: Justiça ordena parar e governo federal libera operação, com base em suspensão de segurança
03 de dezembro: Ato contra o uso de agrotóxicos em Cuiabá
Dossiê Abrasco: o grito contra o silêncio opressivo do agronegócio.
Encíclica papal aborda desigualdades na agricultura
Dossiê sobre agrotóxicos será lançado em Cuiabá e Rondonópolis
Pantanal por inteiro, não pela metade