PUBLICAÇÃO EM PDF

SELO da Agricultura Familiar

O que se ganha ao utilizar o selo em seus produtos?

Para quem produz, o SELO DA AGRICULTURA FAMILIAR é instrumento de agregação de valor, uma vez que o produto oriundo da agricultura familiar promove valores cada vez mais exigidos pelos consumidores:

• sustentabilidade
• responsabilidade social
• responsabilidade ambiental
• valorização da cultura local
• valorização da produção regional, que gera trabalho, renda e, consequentemente, desenvolvimento local
sustentável.

Da parte de quem consome, o SELO assegura o direito de saber a origem do produto.

CLIQUE E BAIXE A CARTILHA.
Cartilha_Selo_da_agicultura-familiar.pdf
(299,15 Kb)

SELO.JPG

 

Conteúdo relacionado

Ações do estado de MT contra territórios tradicionais são derrubadas no STF. Quilombolas e indígenas manifestam-se em Brasília e em Cuiabá.
A parte que nos cabe neste latifúndio
ActionAid e FASE lançam estudo sobre avanço da rota de exportação para a China no Tapajós
MAIS UMA CHACINA ANUNCIADA EM MATO GROSSO
As diferentes facetas do retrato da violência no campo em Mato Grosso
Modelo de regularização fundiária não inclui pequeno produtor, diz fórum
V Mostra socioambiental do Araguaia "Nós somos terra"
Indígenas da Bacia do Teles Pires se mobilizam, em Brasília, por seus direitos frente a empreendimentos hidrelétricos
Formad recomenda modelos de regularização ambiental adaptados à realidade da agricultura familiar e de povos e comunidades tradicionais.
Dois casos sérios de agrocombustiveis
MULHER: SEMENTE DE VIDA E RESISTÊNCIA
Organizações lançam propostas socioambientais para a agenda política de Mato Grosso
Organizações lançam estudos sobre as atuais ameaças ao bioma Pantanal
Dia 3 de dezembro: Mato Grosso vai às ruas exigir o fim do uso de agrotóxicos!
Usina Teles Pires: Justiça ordena parar e governo federal libera operação, com base em suspensão de segurança
Organizações lançam nota em apoio à operação "Terra Prometida" em Mato Grosso
03 de dezembro: Ato contra o uso de agrotóxicos em Cuiabá
Dossiê Abrasco: o grito contra o silêncio opressivo do agronegócio.
Encíclica papal aborda desigualdades na agricultura
Dossiê sobre agrotóxicos será lançado em Cuiabá e Rondonópolis