Associação da TI Kaiabi pede apoio da sociedade para demarcação

[Estação Vida] A Associação Kaiabi elaborou uma carta pedindo apoio de toda sociedade para a demarcação da Terra Indígena Kaiabi, no município de Apiacás, em Mato Grosso. Segundo a carta um Agravo de Instrumento suspendeu a demarcação da Terra Indígena. O documento já foi enviado ao Palácio do Planalto e ao Supremo Tribunal Federal, em seguida foi aberto a todos para que a sociedade tome ciência da condição dos indígenas.

Na carta da associação indígena é denunciada a ocupação e exploração da área da TI. Essa ocupação causou confrontos que vem se repetindo desde 2002. Para os Kaiabi as injustiças contra eles se somam por 70 anos, desde que os projetos de desenvolvimento para a Amazônia começaram a encontrar povos indígenas no caminho, os empurrando para áreas cada vez menores. Os Kaiabi originalmente ocupavam a região do Teles Pires e do Arinos e hoje estão localizados em três áreas indígenas: Rio dos Peixes, TI Kaiabi e Parque Indígena do Xingu.

A partir de 1988 a Constituição Federal passou a reconhecer o direito dos povos indígenas de manterem suas culturas e modo de vida. A mais relevante política de apoio e proteção a esses povos foi o direito às terras indígenas e definição dos procedimentos de demarcação.

Para ler a carta na íntegra, clique aqui

Compartilhar Notícia

Últimas Notícias