Encontro histórico de Movimentos Sociais acontece em Lucas do Rio Verde

STRLRV – Os Movimentos Sociais de Mato Grosso realizam nos dias 29 e 30 de março o Encontro dos Movimentos Sociais e Sindicais dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo Mato-grossense. Esse encontro tem como objetivo estudar a situação do campo mato-grossense e a construção de um agenda comum de ações destes Movimentos.

Os movimentos sociais realizadores do evento são a Federação dos Trabalhadores da Agricultura , FETAGRI; Movimento dos Trabalhadores Acampados e Assentados, MTA; Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, MST e Comissão Pastoral da Terra, CPT. As lideranças debaterão sobre vários temas referentes às condições de trabalho rural e a situação agrária no estado.

O Encontro dos dias 29 e 30 em Lucas do Rio Verde marca o início de uma ação mais articulada na luta por reforma agrária e justiça no campo. Dezesseis empresas ou proprietários localizados em 14 municípios de Mato Grosso são citados por estarem se utilizando de trabalho escravo ou "degradante", numa lista nacional em que se encontram 184 nomes. Destaque para Confresa e Poconé em número de trabalhadores libertos, embora os nove libertados em Nova Ubiratã não diminua em nada a gravidade da situação. Segundo a CPT, Comissão Pastoral da Terra, Mato Grosso é o segundo em número de trabalhadores libertos.

Durante o encontro será lançada uma carta de protesto contra a indicação de um ruralista para o cargo de Delegado Regional de Trabalho em MT. O documento diz ainda que o cargo "deve ser ocupado por funcionário de carreira, concursado e não usado como moeda de troca na composição de forças políticas, frentes de apoio a essa ou aquela candidatura". O Encontro dos Movimentos Sociais e Sindicais dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo Mato-grossense se inicia às 8h da manhã deste sábado no auditório do STRLRV.

Compartilhar Notícia

Últimas Notícias