São 20 anos de caminhada…

Assessoria – Neste dia primeiro de maio, Dia do Trabalhador, movimentos, sindicados, ongs e pastorias sociais da igreja realizam a Romaria das Trabalhadoras e dos Trabalhadores. Essas entidades fazem parte do Fórum Permanente de Lutas.
 
Neste ano a Romaria completa seu vigésimo aniversário de caminhada e por isto será uma edição comemorativa. A programação começa com ato ecumênico às 7h30 da quinta, dia primeiro de maio, dentro da igreja do Rosário, no centro de Cuiabá. Depois a marcha segue pela Prainha até o ginásio São Gonçalo.   
 
REIVINIDAÇÕES
É momento de fortalecer as lutas sociais dos trabalhadores e trabalhadoras, como
a redução da jornada de trabalho sem redução de salário; e a redução dos preços de energia elétrica.
 
Também está em pauta a construção de um projeto de sociedade que venha dos anseios da organização popular, representado pela Assembléia Popular. E ainda, a discussão sobre o período eleitoral de 2008 para debater a Cuiabá e a Várzea Grande que temos e as que queremos.
 
A discussão sobre a redução da carga horária de trabalho sem redução de salário está sendo puxada pela CUT (Central Única dos Trabalhadores). Falar com Júlio: 9971-1008.
 
Informações sobre a construção de um projeto popular de sociedade com Inácio Werner, do Centro Burnier, no 3622-1690 e 9236-1499.
 
Detalhes sobre o debate a cerca da campanha pela redução de preço das contas de energia elétrica com o professor universitário Dorival (também pelo 3622-1690).
 
DVD
A equipe organizadora acaba de produzir um dvd que conta a história das 19 Romarias já feitas.
 
É momento de lembrar das lutas de nossos mártires, que já se foram, como o padre Ten Caten, a líder comunitária Maria Benvinda, o Lorenzo (do movimento de saúde de saúde popular) e irmã Elizária.
 

Compartilhar Notícia

Últimas Notícias