Ativista denuncia ação de deputados e pecuaristas sobre o Zoneamento

24HorasNews – A secretária-geral do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Marli Keller, denuncia que alguns representantes da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) estão na contramão do Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE).
     

Segundo a sindicalista, que representa o Sintep/MT no Fórum Mato-grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Formad), estas pessoas são contra a manutenção das reservas legais em torno de rios e nascentes, por exemplo. “Está tudo previsto na legislação federal, mas como devastaram boa parte do que não deveria, alegam que terão prejuízo ao recuperar estas áreas”, declarou.
     

De acordo com Marli Keller, a Famato e a ALMT têm “falado mais alto” durante as audiências que debatem o Projeto de Lei do ZSEE. “Os grandes produtores rurais se sentem atacados, pensam que serão lesados pelo zoneamento, então se infiltram e falam contra o assunto”, explicou.
     

Para a secretária-geral, a mobilização e participação da sociedade são de extrema importância. “Os companheiros do Sintep/MT também estão convocados a participarem das próximas audiências públicas, pois o ZSEE é fundamental para assegurar a continuidade do desenvolvimento do nosso Estado”, acrescentou.
     

A próxima audiência ocorre no próximo dia 18, em Juína. No dia nove de maio, a população de Alta Floresta debaterá o assunto. Em Vila Rica, o debate ocorre no dia 23 de maio e, em Juara, no dia 30. No mês de junho, as cidades de Sinop e Cuiabá debaterão o Zoneamento, nos dias seis e 19, respectivamente.
     

O prazo para tramitação e aprovação do Projeto de Lei é 17 de julho.

Compartilhar Notícia

Últimas Notícias