Mês: outubro 2013

Bancada ruralista: tudo pela terra

É a maior bancada do Congresso Nacional. Oficialmente conta com 162 deputados e 11 senadores, sob a sigla de Frente Parlamentar da Agropecuária. Para se registrar como frente é necessário um terço dos congressistas (198). Porém, a bancada conta com uma legião de adeptos de última hora. A pesquisadora da USP Sandra Helena G. Costa pesquisou […]

A legislação de agrotóxicos e a “pseudoirresponsabilidade” do usuário.

Entrevista especial com Paulo Engel “Os operadores do direito não devem se curvar diante das dificuldades por falta de normas ou incoerências das existentes, devendo, assim, lançar mão da criatividade e buscar a tutela da qualidade ambiental com as ferramentas disponíveis; amparando-se, portanto, na Constituição da República de 1988, na Lei da Política Nacional do […]

Plano ‘Brasil Agroecológico’ contará com R$ 9 bilhões

Com investimentos previstos em R$ 9 bilhões em três anos, a presidente Dilma lança hoje, em Brasília, o “Brasil Agroecológico”. Será o primeiro Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo) do país. As ações se baseiam no decreto 7794/12, que cria a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO) e foi sancionado pela […]

Dois casos sérios sobre agrocombustíveis

Clique nos links abaixo para acessar os produtos finais do projeto Avaliação do Impactos Socioambientais da produção de Agrocombustíveis no Estado de Mato Grosso. Para fazer o download (clique aqui) do Livro “Dois casos sérios em Mato Grosso. A soja em Lucas do Rio Verde e a cana-de-açúcar em Barra do Bugres” Para fazer o download (clique aqui) do Caderno “Dois casos sérios em […]

Dados do projeto

Arquivos referentes ao projeto de Avaliação dos impactos socioambientais da produção de Agrocombustíveis no estado de Mato Grosso. Acesse a metodologia do projeto: clique aqui Acesse os indicadores de sustentabilidade: clique aqui Acesse a justificativa dos indicadores de sustentabilidade: clique aqui Acesse os dados dos impactos socioambientais: clique aqui Acesse os dados secundários sobre o projeto: clique aqui