Mês: maio 2008

Parceiros se unem em campanha contra uso irracional do fogo no Araguaia e Xingu

Entidades da sociedade civil organizada, com apoio da Universidade do Estado de Mato Grosso, se unem para promover ações educativas que apontem alternativas de desenvolvimento sustentável nas regiões do Xingu e do Araguaia. Entre as iniciativas está a Campanha Contra o Uso Irracional do Fogo, que será lançada oficialmente nesta sexta-feira (30.05), em Porto Alegre […]

Grupo de indígenas pretende vir a Cuiabá

Cansados de esperar por uma resposta 72 indígenas que participavam de manifestação no Noroeste do Mato Grosso, bloqueando  a rodovia MT-170, na altura da ponte entre Juína e Brasnorte esperam seguir viagem até Cuiabá para pressionarem as autoridades pelo atendimento de sua pauta de reivindicações.  Enquanto isso, outro grupo mantém a paralisação da ponte.Segundo o […]

Manifesto dos Povos Indígenas do Noroeste de Mato Grosso

Os Povos Indígenas Enawene Nawe, Rikbaktsa, Cinta larga, Arara, Mynky, Irantxe, Kayabi, Apiaka e Munduruku bloquearam novamente a ponte sobre o rio Juruena que interliga os municípios de Juína e Brasnorte, na MT 170. Segue texto na íntegra do Manifesto que eles lançaram ontem, dia 18 de maio, com uma veemente demanda para que as […]

Movimento social do norte de Mato Grosso questiona o PAS

Augusto Pereira/STR – O Plano Amazônia Sustentável já gerou muitas polêmicas em seus poucos dias de vida. Foi considerado a gota d’água na relação da ex-ministra Marina Silva com o presidente Lula e agora sua validade é questionada pelo movimento socioambiental da Amazônia de Mato Grosso. O encontro que reuniu representantes de agricultores familiares e ONGs […]

Movimento socioambiental do Norte de Mato Grosso promove encontro e discute demissão de Marina Silva

Augusto Pereira/STRLRV – O Plano Interministerial BR 163 Sustentável foi uma conquista do movimento social da região do entorno da estrada entre Cuiabá e Santarém. O desenvolvimento do Plano só foi possível pelo o empenho da sociedade civil organizada e pela abertura ao diálogo da ministra Marina Silva. Representantes de entidades de diversos municípios no […]

Fórum ambiental defende ministra

A Gazeta – Para o secretário-executivo do Formad (Fórum Mato-grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento), André Alves, "Mato Grosso, o Brasil e até mesmo o mundo perderam com a saída da ministra Marina Silva, que desde 2003 sempre se pautou pela defesa intransigente do desenvolvimento sustentado, ou seja, utilizar com racionalidade o meio ambiente para promover […]

Jornalistas do Pantanal criam serviço gratuito para rádios e internautas

Os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e, especialmente, o Pantanal acabam de ganhar novos aliados na defesa da natureza: jornalistas profissionais e comunicadores ambientais do Núcleo de Ecojornalistas dos Matos (NEM), criado em 2005 por jornalistas dos dois estados, acaba de lançar um projeto inovador de  comunicação socioambiental para a Bacia […]

Zoneamento de Mato Grosso se transforma em pauta da sociedade civil

André Alves – Os movimentos sociais e ONGs ambientalistas vão organizar discussões regionais para debater o Zoneamento Socioeconômico Ecológico de Mato Grosso – ZSEE. O objetivo é que a sociedade civil organizada se embase tecnicamente para as audiências públicas que serão promovidas pela Assembléia Legislativa. Esta foi uma das recomendações de um seminário sobre o […]

Sociedade civil se prepara para discutir zoneamento de MT

Estação Vida – Começa nesta terça-feira, dia 6, um seminário que vai reunir 74 representantes das entidades ambientalistas e movimentos sociais para discutirem a proposta de Zoneamento Sócio-Econômico e Ecológico de Mato Grosso. O encontro tem o objetivo de preparar lideranças e formadores de opinião para participarem das audiências públicas que acontecerão em todo o […]

Assentamento recebe agroindústria de castanha

A Gazeta – No assentamento Vale do Amanhecer, localizado em Juruena, a 950 km de Cuiabá, o dia do trabalhador foi comemorado com a inauguração da Unidade de Beneficiamento de Castanha-do-Brasil. Com 300 metros quadrados, sendo 100 construídos em alvenaria, a Unidade tem capacidade de produção de 50 toneladas (ton.) por mês, podendo chegar a […]